22 de set de 2014

POR QUE É PROIBIDO TIRAR A CAMISA? POR QUE OS JOGADORES INSISTEM EM TRANSGREDIR?


Terceiro gol do Galo no clássico mineiro, um dos mais importantes do Brasil, atualmente. Carlos, 19 anos, recém saído da divisão de base, marca o seu segundo gol, terceiro do Galo, fechando 3 x 2. Comemorou tirando a camisa, como alguns goleadores andam fazendo.
É claro que sou contra proibições que considero tolas ou sem razão de ser. Opinião pessoal, claro. Mas também sou contra a transgressão, por motivo de ordem.
Há muito tempo, Viola comemorava gols dançando, ou telefonando para contar à mãe a façanha, ou imitando um porco fuçando o chão... Convocado para a seleção brasileira, quando lhe perguntaram se iria continuar comemorando do mesmo jeito, disse que o "professor" não gostava e que não iria mais fazer. Não gostei. Disse, então, que a gente conhece o goleador craque é até o momento em que a bola entra. Depois da menina beijando as redes (como gostam os criadores de expressões), pode fazer o que quiser, desde que não seja ilegal, nem imoral, nem engorde.
Passados muitos anos, tirar a camisa para comemorar virou transgressão passível de cartão amarelo.
No meu modo de ver, tirar a camisa é um ato inocente (principalmente se considerarmos o que se anda tirando por aí, à luz do dia e até na frente de crianças); não é imoral, nem engorda. Passou a ser ilegal.
Não posso concordar com a transgressão. Não quero ser intolerante, mas já vi jogador amarelado comemorar tirando a camisa e ser avermelhado. O time perde um jogador, durante a partida. Se não estiver amarelado, corre o risco de levar o segundo ou está contabilizando para suspensão; se já estiver, ganha uma suspensão para o próximo jogo. O time perde, em qualquer hipótese. O próprio jogador poderá perder, se pegar um gancho e o substituto arrasar.
Jogadores têm usado a estratégia de desnudar o peito somente no final da partida, o que não impede o amarelo.
Por que os "entendidos" em futebol - aqueles que não jogam - acham de proibir a comemoração sem camisa? Acham imoral? Acham que pode engordar? Ilegal não acharam porque, se já fosse, não precisavam de criar a norma. Mas têm de mostrar autoridade, proibindo alguma coisa.
Comemoração de gol alegra a torcida. Tirar a camisa ofende ninguém.
Por que não acabam com isto? Já existe a possibilidade de aplicar cartão amarelo por retardamento do reinício da partida, o que acho correto. Mas não vejo motivo para reprimir a explosão de alegria de um jovem jogador, em ato de legítima comemoração.
Pura demonstração de força autoritária, sem mudar o futebol nem para melhor nem para pior. No meio de tanta coisa a fazer para desenvolver a atividade, gasta-se energia e inibe-se a emoção, sem qualquer efeito positivo, nem mesmo para a autoridade do árbitro, que recebe broncas ostensivas de jogadores, passando tudo em branco.

Foto: UOL Esporte.