12 de ago de 2012

EXPERIÊNCIA POÉTICA DO AUTOR - MEU PAÍS

Meu país é
ironicamente feliz!
Tem carnaval,       
tem arrebol,
pré-sal
e futebol.
Falta asfalto,
sobra assalto...


É campeão
de voleibol,
de windsurf,
de jet Sky,                       
de futsal,
de natação,
de acidentes,
de corrupção.
 
Tem natureza
exuberante,
turismo, ecologia,
arte sacra,
barroca, mundana,
entretenimento sacana...
Mas tem poluição,
desmatamento
pra plantar cana.
 
Tem feijoada,
caldeirada de siri,
do qual se faz a boca
quando a pátria, a esmo,
é assaltada mesmo!
E ainda se ri – pobre país! –
de toda piada
sobre quem de todos
segue rindo.
 
Também tem fome
tem violência,
uma indecência!
Mas não faz mal,
isto é normal
co’o capital
em ascendência.

E tem mutreta – como tem mutreta!
que nem mesmo um falso asceta
consegue disfarçar completamente.
Por isto mente descaradamente.
Repete, somente,
Convenientemente:
“só sei que nada sei!”.

Foto: Joana D'arc
http://dark-joana.blogspot.com.br/2012/04/vendaval.html
Postar um comentário