18 de abr de 2012

A LÁGRIMA E O SORRISO


Rútila lágrima pendente
de vagos olhos azuis
perdidos no horizonte,
pousou sua atenção, mui de-repente
em ledo sorriso dançante
em lábios rubros residente.



Perguntou a lágrima ao sorriso
Como e por que lhe era dado
Contemplar o mundo           
Em tão festiva janela,
Enquanto um outro sentir
Só em tristezas envolto
Embaciava um olhar 
Que era a nascente dela.




Respondeu-lhe o sorriso, atencioso,
que, para mostrar-se ao mundo,
de múltiplas expressões se vale o sentimento;
que a emoção que chega, sem aviso,
de dor ou de alegria, com a mesma intensidade,
pode ter, como arautos, a lágrima ou o sorriso.











Máscaras de Teatro livre de direitos Vetores Clip Art ilustração arts0133












Marco Comini, 24/03/2003.

Imagem (pra Fifi): Novidade Diária
http://www.novidadediaria.com.br/cultura/mascaras-de-teatro
Postar um comentário